Custo, preço e valor da consulta médica.

Por Roberto Carlos Rodrigues*

Quando se almejam conhecimentos de formas práticas de formações de custos e preços de serviços médicos, a primeira coisa que devemos ter em mente é a monetização destes elementos, e não apenas suas conceituações.

Neste artigo vou tratar de 5% de conceituação e 95% de números, pois acredito que muitos profissionais da saúde querem sabem quanto custam seus serviços e não apenas o que eles são ou representam. Vejamos primeiramente os conceitos:

Custo é uma certa quantidade em recursos financeiros correspondentes a aquisição de bens materiais, serviços e esforços consumidos pela empresa e necessários à produção de seus bens e serviços. Fazem parte dos custos as despesas que são realizadas para a manutenção de instalações e equipamentos e para a realização das funções administrativas. Exemplos de custos: energia elétrica, água, telefone, aluguel, folha de pessoal etc.

Preço é o valor monetário expresso numericamente associado a uma mercadoria, serviço ou patrimônio. Por exemplo: preço da consulta médica = R$ 150,00.

Valor é uma qualidade que confere às coisas, aos feitos ou às pessoas uma estimativa, seja ela positiva ou negativa. O valor não é numérico. É uma expressão de percepção. Por isso ele é pessoal e interpretativo. Aquilo que pode ter valor para uma pessoa pode não ter para outra. Exemplo: a consulta médica foi boa. Diz o cliente.

Entendido estes aspectos vamos as partes práticas dos itens do título deste artigo.

Como calcular o custo do serviço médico.

A primeira coisa que se faz quando quer saber o custo de uma empresa é criar uma planilha de custos. Esta planilha descreve todos os itens que compõem o custo total da empresa e expressa seus valores unitários. Nesta planilha listam todos os custos, sem se importar suas naturezas ou fins.

Vamos supor que a soma de uma planilha de custos apresentou os seguintes resultados mensais:

Custo total = R$ 47.850,00.

Se a empresa funciona 24 dias por mês, cada dia custa R$ 1.993,73. Atuando 10 horas por dia, cada hora de funcionamento custa R$ 199,37. Perfazendo o valor de R$ 3,32 por minuto.

Vamos supor que esta empresa tenha 7 consultórios médicos. Cada consultoria atende 16 clientes por dia. Como a quantidade de dias de atendimento é 24 dias, logo teremos 2.688 consultas por mês.

Se dividirmos o custo total da empresa (R$ 48.750,00) pela quantidade de atendimentos mensais (2.688), logo teremos o custo do atendimento (R$ 17,80).

Podemos também calcular o custo do atendimento pelo custo do consultório médico. Vejamos:

O custo total dividido por 7 temos os custos mensais do consultório em R$ 6.835,71. Seu custo diário é R$ 284,82. Como o consultório atende por 10 horas por dia, cada hora custa R$ 28,49. Sendo, portanto, o custo de cada minuto de funcionamento R$ 0,47.

Pode-se, com base nestes números, calcular ainda o custo de cada atendimento médico (R$ 0,47 vezes a quantidade de minutos), o custo do retorno médico, da reconsulta, falta de pacientes etc.

Com calcular o preço da consulta.

Basicamente para se calcular o preço de qualquer produto ou serviço utiliza-se uma única fórmula que é: o valor unitário de produção ou de atendimento (custos totais divididos pela quantidade produzida) mais a margem de lucro. Vamos supor que os custos de prestação de serviços médicos são R$ 85,00, sendo: R$ 50,00 do médico, R$ 15,00 de impostos e R$ 20 custos operacionais e materiais.

Se a empresa optar por uma margem de lucro de 30% sobre seus custos totais (R$ 25,50), o preço da consulta médica será de R$ 110,50.

Todavia, Há de também se considerar outros fatores na oferta de preços, como concorrências, ofertas de serviços similares, experiências, referências mercadológicas etc. Pois quem que dita o preço a ser praticado é o mercado.

Com saber o valor da consulta.

O valor, ao contrário do custo e do preço, não tem referência numérica. É apenas uma percepção do cliente. Por isso, um médico pode cobrar R$ 100,00 por uma consulta e outro cobra R$ 1.000,00 pelo mesmo serviço e ter quem pague.

Como se trata de uma percepção pessoal, o valor está mais associado ao que o cliente percebe e não unicamente ao que a empresa oferece, pois, determinados itens que podem ter valor para uma pessoa, como por exemplo: presteza do profissional tempo de atendimento, ambiente do consultório, por exemplos, e podem não ter valor para outras pessoas.

Sintetizando os anunciados, pode-se concluir dizendo que o custo é a quantificação das despesas da empresa. O preço pode ser calculado, mas quem o determina é o mercado. Já o valor, é a qualidade percebida pelo cliente.

Simples assim.

*Especialista em empresas da área de saúde e um dos precursores na implantação de clínicas médicas populares no Brasil.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s